Como Estudar um Livro e Nunca Mais Esquecê-lo

JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Receba devocionais de sabedoria direto em seu email. É 100% grátis!

Como estudar um livro

Como estudar um livro e absorver o conteúdo? Como ler um livro e memorizar os principais pontos? Como finalizar a leitura de um livro sem esquecer o que acabei de ler? Como entender um livro difícil?

Ouço perguntas assim frequentemente.

Na semana passada, escrevi um artigo chamado Como Ler Mais Rápido compartilhando várias técnicas de leitura rápida e eficiente.

Também fiz uma live sobre o tema e foi um sucesso de engajamento. As pessoas que me seguem nas redes sociais me pediram para continuar o assunto e aqui estou eu.

O fato é que já era meu plano dividir o conteúdo sobre leitura de livros em duas partes. Eu já tinha sabia que não ia ser possível abordar o tema tão rapidamente. Portanto, recomendo que você leia este artigo, mas não deixe de ler também o artigo Como Ler Mais Rápido, que é primeira parte do conteúdo.

Valerá a pena cada segundo investido.

Se você tem interesse em assimilar melhor o conteúdo de um livro, continue lendo para:

  • Aprender como estudar um livro de maneira eficiente.
  • Conhecer meu processo de leitura de um livro.
  • Saber como fazer anotações nos livros.
  • Saber o que fazer ao final de uma leitura.
  • Aprender a usar um caderno de apoio durante a leitura.
  • Aprender a memorizar as principais ideias de um livro.
  • Conhecer várias outras técnicas de absorção de conteúdo.

Como estudar um livro: técnicas de absorção

Deus não se agrada de preguiçosos mentais. Se você está considerando se tornar cristão, estará embarcando em algo que vai exigir você por inteiro, inclusive seu intelecto.

CS Lewis (grifo meu)

Antes, uma observação que sempre faço: vou compartilhar técnicas de assimilação de leitura que funcionaram para mim.

Se você dar uma rápida pesquisada no Google, vai ver que há uma imensidão de pessoas compartilhando as mais variadas técnicas de leitura e isso é bom.

É fascinante que tenhamos tantos conteúdos assim à disposição. Contudo, aqui no meu site eu me propus a compartilhar com você somente as coisas que experimentei e que funcionaram para mim.

Aliás, esse é um dos motivos do sucesso dos meus conteúdos: filtro tudo o que há na internet, testo e trago a você o que funcionou melhor para mim.

Dessa forma, você não precisa perder tanto tempo pesquisando e testando por conta própria. Lendo este artigo você economizará muito tempo.

Para não me alongar, vamos direto para as dicas sobre como estudar um livro, aprender de verdade e memorizar o conteúdo.

Papel e caneta na mão!

#01 Crie um “Índice Tim Ferris”

Aborvendo o conteúdo de um livro: criando um índice

A primeira dica que quero compartilhar com você é: crie um Índice Tim Ferris.

“Como assim, Ramon?”

O Índice Tim Ferris é um apelido carinhoso que dei para uma técnica que aprendi vendo um vídeo sobre leitura rápida do escritor Tim Ferris.

A técnica consiste em criar seu próprio índice no início de cada livro para que você consiga acessar as melhores partes do livro rapidamente, mas, não é só isso. Isso auxilia na memorização.

Quando comecei a criar meus próprios índices, percebi que passei a me lembrar melhor dos conteúdos do livro. Era como se as principais ideias estivessem sendo “coladas” na minha memória.

Outra coisa interessante é que se eu quiser relembrar alguma coisa, basta abrir o livro no meu próprio índice e terei acesso ao “ouro” do livro em poucos segundos.

Como fazer o índice?

Basicamente, durante a leitura, quando você se deparar com alguma ideia interessante, resuma-a em uma frase e escreva-a no início do livro, indicando a página (como se fosse um índice mesmo).

Não dependa do índice da editora. Crie o seu próprio índice e você passará a assimilar melhor as principais ideias do livro.

O que nos leva a um sistema próprio de anotação.

#02 Crie um sistema de anotação

Como sublinhar um livro

Algo que funcionou muito bem para mim, foi criar meu próprio sistema de anotação.

Devo ter visto algum story do Ícaro de Carvalho falando sobre isso e decidi criar meu próprio sistema de símbolos, ícones, cores e anotações.

Tem muita gente que quando lê um livro destaca quase todo o conteúdo e acaba colorindo a página toda.

Isso não funciona por uma simples razão: se você sublinha o livro todo basta não sublinhar nada. Você não assimila o conteúdo e ainda perde tempo (e gasta o marca-texto).

O fato de você destacar uma ideia é porque ela se destaca em relação às outras ideias.

Aprenda a destacar somente a ideia central de um determinado assunto. Não perca muito tempo de leitura sublinhando tudo o que vê pela frente.

Dessa forma, quando chegar a hora da revisão, você também ganha agilidade, pois consegue passar o olho nas marcações e entender melhor os principais pontos do livro.

Repito: não saia sublinhando tudo o que ver a esmo.

Crie um sistema fácil e que você entenda bem.

Use cores diferentes. Por exemplo:

  • Amarelo para atenção.
  • Vermelho para lições imperdíveis.
  • Verde para lições práticas, que dá para praticar logo que eu terminar o livro.
  • Roxo para coisas que tenho que reler e por aí vai.

Como estudar um livro de forma eficiente passa por ser criativo.

Use símbolos e ícones para destacar certas ideias (estrelinhas, círculos, anotações nas laterais entre outros).

Vale de tudo para salvar o tesouro.

#03 Salve o tesouro do livro

Como estudar um livro: salve um tesouro

Salve o tesouro em algum lugar de fácil acesso. O melhor do livro precisa ser preservado.

Não adianta destacar, sublinhar e usar símbolos no seu sistema de anotação se você esquecer o livro na estante e nunca mais usar aquele conteúdo.

Salve o melhor daquilo que você anotou em algum programa que você tenha no computador.

Pode ser Word, Evernote, Pages, Google Docs ou Bloco de Notas. Crie um arquivo para cada livro e nele salve o melhor da sua leitura, só salve realmente o “ouro”.

Dê preferência por usar um programa em que os arquivos sejam “pesquisáveis”. Por exemplo, eu uso o aplicativo Notas (Apple).

Com dois ou três segundos, eu digito qualquer palavra em relação aquele livro e já tenho acesso às minhas anotações (farei uma live sobre isso em breve).

É por essa razão que eu não deixo as melhores anotações em cadernos físicos, simplesmente porque o conteúdo não ficará “buscável” para mim. Faça de tudo para facilitar o acesso ao “tesouro do livro”.

Por isso, recomendo Notas, Evernote, Google Docs ou similares.

#04 Leitura simultânea

Ler e assimilar o conteúdo de um livro grande pode ser uma tarefa maçante e interminável. Talvez, você deseja ou precisa estudar um livro mais denso e não saiba como se manter motivado a ler e assimilar o conteúdo.

A solução é contra-intuitiva: leia vários livros simultaneamente.

Sei que parece loucura e você deve estar pensando:

“Como assim, Ramon? Ler um livro grande parece difícil e vou ter que ler ainda mais?”

Calma. Eu também pensava assim (e concluía sem experimentar que isso nunca ia funcionar). Ledo engano.

Ouvi em algum lugar que uma pessoa lia vários livros ao mesmo tempo, intercalando um livro grande com vários menores e assim nunca parava de ler.

Eu tinha muita resistência para fazer isso porque pensava que não ia assimilar nada. Sempre ouvi falar que nunca deveria ler mais de um livro ao mesmo tempo.

Até que testei e funcionou exatamente o contrário como diziam!

Não só consegui assimilar o conteúdo dos livros que lia, como lê-los simultaneamente me ajudou a não desistir de ler, especialmente os livros maiores e mais densos.

Atualmente, leio cinco livros ao mesmo tempo.

Funciona assim: seleciono um livro grande e quatro livros menores (de fácil leitura). Começo a ler o livro mais denso e toda vez que me sinto desmotivado pego um livro menor e intercalo a leitura.

De fato, é exatamente assim que aprendemos na escola. Em uma mesma manhã, nós podemos estudar três diferentes matérias e assimilar o conteúdo: ciências, matemática ou religião, por exemplo.

A ideia aqui é fazer as anotações apenas no livro denso (que é o que você precisa estudar) e usar os livros menores como um “alívio para a mente”.

Você pode testar isso até mesmo com gibis.

Ao ler um livro grande, você pode fazer pequenas pausas para ler uma história de um gibi. Assim, sua mente não fica sobrecarregada e você não se desmotivará tão fácil.

Se vai funcionar para você? Não sei. Experimente.

#05 Assista a um vídeo antes da leitura

Se você vai tirar férias em uma cidade desconhecida uma coisa inteligente a fazer é pesquisar informações sobre o lugar antes de viajar.

Com livros funciona da mesma forma.

Uma das melhores maneiras de absorver um livro é pesquisar sobre o conteúdo antes da leitura. Isso vai tornar os principais pontos do livro mais familiares para você.

Isso funciona muito bem com livros de difícil compreensão. No meu caso, leio algumas obras de teologia e filosofia que se não me preparar, não vou compreender as principais ideias.

Essa é a minha relação com os livros do CS Lewis. Tentar encarar as obras de um escrito como Lewis sem preparação pode frustrar suas leituras.

Portanto, uma das maiores lições que aprendi é pesquisar sobre o conteúdo do livro antes da leitura. Você pode fazer isso lendo um resumo de alguém que já leu ou assistindo a um vídeo review no YouTube.

Basta digitar no Google o título do livro e a palavra “resumo”. Por exemplo, “Cristianismo Puro e Simples resumo”. Pronto, vou ter acesso a vários artigos e vídeos sobre o livro.

Não esqueça disso: para que a leitura não seja uma frustração, faça sempre uma pesquisa sobre o conteúdo antes da leitura.

Alguns minutos investidos nessa prática vão fazer você ler com mais facilidade e assimilar melhor o conteúdo.

#06 Use um caderno de apoio

Sou uma pessoa muito visual. Às vezes, para entender melhor um conceito eu preciso desenhar no papel.

Isso acontece quando leio algum livro do CS Lewis ou do GK Chesterton, por exemplo. Se não fizer meus rabiscos, provavelmente não entenderei o que estou lendo.

Por isso, uma boa lição que aprendi e coloquei em prática foi ter um caderno de apoio para as minhas leituras. Se trata de um caderno puramente para rabiscar e desenhar.

Essa prática me ajuda a entender melhor alguns conceitos mais abstratos, que minha mente não consegue alcançar sem apoio.

Não sei se é o seu caso é igual ao meu, mas quando você se depara com algum livro mais desafiador tente usar um caderno e faça algumas anotações e desenhos sobre o que você está lendo.

Veja se ajuda na assimilação do conteúdo.

Atenção: não use o caderno para fazer resumos ou coisas do tipo. Se não você nunca terminará de ler o livro!

Use apenas como um apoio para assuntos mais desafiadores.

#07 Faça um breve resumo com suas palavras

Uma prática que melhorou absurdamente a minha assimilação do conteúdo foi fazer um resumo das leituras com minhas próprias palavras.

Sei que tem muita gente que faz resumo do livro que leu, mas copia exatamente o que autor escreveu, palavra por palavra.

Isso não funciona para mim.

Eu preciso escrever com minhas próprias palavras e a assimilação do conteúdo vai melhorar consideravelmente.

Fique atento às seguintes dicas:

Após a leitura do livro, deixe passar um ou dois dias para seu cérebro “dar uma desligada” do conteúdo. Deixe-o em uma estante ou ao lado do computador.

Depois desse tempo, pegue o livro e releia somente as partes sublinhadas, ou seja, somente as principais ideias. Se você criou um “Índice Tim Ferris” comece por ali.

Por último, abra seu Notas, Evernote ou Word e digite as principais ideias em um novo arquivo.

Um cuidado a tomar: não digite exatamente como está no livro (com exceção das citações, caso você queira salvá-las).

Tente explicar com suas palavras o que entendeu.

Já foi provado que se você explicar um determinado conteúdo com suas próprias palavras a capacidade de assimilação é muito maior. De fato, a Pirâmide do Aprendizado atual demonstra que a taxa de retenção da leitura é 10% enquanto quando explicamos o mesmo conteúdo chega a 90%.

Portanto, após a leitura tente “ensinar” as principais ideias do livro a si mesmo e você dificilmente esquecerá do conteúdo.

Isso nos leva a última lição que quero compartilhar:

#08 Explique o livro para alguém

Se resumir o livro com as próprias palavras já é uma excelente ajuda na hora de assimilar o conteúdo, explica-lo para alguém é a “cereja do bolo”.

Assim como no resumo escrito, você precisa ser capaz de explicar as principais ideias do livro com suas palavras.

Em minha opinião, quando você chega ao ponto de explicar um livro para alguém você fecha a leitura com “chave de ouro”.

Isso prova que você compreendeu o conteúdo e provavelmente nunca mais esquecerá dele.

Nesse ponto, você pode estar pensando:

“Ramon, como posso fazer isso? Eu não sei falar em público ou algo parecido”.

Não me refiro a fazer uma palestra para mil pessoas sobre o livro. Nada disso. Você pode simplesmente:

  • Explicar o livro para seu cônjuge.
  • Compartilhar com um amigo.
  • Fazer uma live sobre o livro.
  • Escrever um artigo como este.
  • Fazer um post no Instagram ou Facebook dizendo: “Pessoal, acabei de ler um livro e esses foram os pontos que mais gostei…”.

Uma curiosidade: meus conteúdos do Instagram são basicamente construídos sobre os últimos livros que li.

De qualquer forma, só quero lhe dar algumas ideias.

Se você é alguém que fala em público, que dá aulas ou que é líder de um grupo de estudo bíblico (ou algo parecido), pode simplesmente usar o conteúdo da leitura para enriquecer suas próximas falas.

A ideia é que você deve inserir o que aprendeu no seu dia a dia e o conteúdo provavelmente nunca mais sairá da sua mente.

Acontece comigo. Pode acontecer com você. Simplesmente, experimente.

Resumo: como estudar um livro

Estamos chegando ao final do artigo Como estudar um livro.

Espero que você tenha gostado das dicas. 🙂

Se gostou, recomendo que você assista minhas lives semanais ao vivo sobre leitura rápida e aceleração do aprendizado. Para isso, basta entrar nessa página e pegar o link da transmissão da próxima aula.

As lives são 100% online e 100% gratuitas.

Agora, como de costume, sempre presenteio meus leitores com os principais pontos do artigo. Aproveite:

  1. Para compreender melhor meu processo de leitura de um livro, leia também o artigo Como Ler Mais Rápido.
  2. Nem tudo o que você encontra na internet vai funcionar para você. Conheça as técnicas e experimente-as. Neste artigo, filtrei as que funcionaram para mim.
  3. Crie um Índice Tim Ferris: crie seu próprio índice no início do livro com as ideias que você mais gostou durante a leitura.
  4. Não sublinhe o livro inteiro: crie seu próprio sistema de anotação com cores, símbolos, ícones entre outros.
  5. Ao final da leitura, salve o melhor do conteúdo em algum processador de texto (Word, Evernote, Google Docs, Notas entre outros). O conteúdo deve ser facilmente “pesquisável”.
  6. Se você precisa ler um livro grande, denso e desafiador, intercale a leitura com livros menores.
  7. Pesquise sobre o conteúdo do livro antes da leitura: leia alguns breves resumos ou assista a um bom vídeo review sobre o livro.
  8. Use um caderno de apoio para rabiscar alguns conceitos mais difíceis durante a leitura. Se você é uma pessoa mais visual, faça desenhos para facilitar a assimilação do conteúdo.
  9. Ao final da leitura, faça um resumo com suas próprias palavras das melhores partes do livro.
  10. Depois, explique o conteúdo do livro para alguém. Faça uma live, escreva um artigo ou publique um post nas redes sociais. Traga o conteúdo do livro para o dia a dia e você nunca mais esquecerá dele.
  11. Assista minhas aulas ao vivo sobre o tema. Clique aqui e cadastre gratuitamente seu e-mail para que eu possa enviar o link da transmissão.
  12. Entre no nosso grupo do Telegram, onde compartilho mais conteúdos sobre como estudar um livro de forma eficiente.

Até a próxima e #BoraCrescer,
Ramon

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no print
Imprimir

DESCUBRA O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO

Livro gratuito por tempo limitado. Aproveite e baixe agora!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo