Como Ler Mais Rápido: 8 Estratégias Que Funcionam

JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Receba devocionais de sabedoria direto em seu email. É 100% grátis!

Antes de lhe mostrar como ler mais rápido e entender melhor o conteúdo de um livro deixe-me contar sobre um dia emocionante para mim.

Há 3 ou 4 anos viajamos para passar o fim-de-semana em uma cidade vizinha e quando chegamos lá fomos direto ao shopping.

Assim que chegamos, minha esposa e minha filha logo foram para um lado e eu fui para o outro. Depois de algum tempo decidi ir à livraria.

Foi lá em que emocionei. 🙂

Ao entrar na livraria, vi meu livro Let’s Elevate exposto em um lugar de destaque entre os livros de empreendedorismo. Isso me trouxe um delicioso, embora breve, sentimento de realização e felicidade.

É claro, depois de tanto tempo de trabalho, ver minha obra exposta e prestes a ser comprada por alguém que iria ler a aplicar o conteúdo, tudo isso trouxe um enorme sentimento de satisfação.

Contudo, o que me emocionou foi ver minha filha (na época com 5 anos) sentada na bancada logo ao lado do livro, exatamente como minha esposa tinha posicionado, para ela fazer uma surpresa para mim (as duas haviam chegado na livraria antes e visto meu livro lá).

A visão que tive ao entrar na livraria foi minha filha sorrindo e apontando para meu livro (e minha esposa ao lado com os olhos cheios de lágrimas).

Deu um nó na garganta…

As duas estavam suspirando mais felizes do que eu. Elas estavam orgulhosas do marido/pai ao ver minha obra lá. Provavelmente, a Laura (minha filha) devia estar pensando:

“Como meu pai conseguiu colocar o livro dele ali?”

Os livros que li

Lembrar dessa cena e rever essa foto sempre me lembra do caminho que trilhei para chegar onde cheguei.

Lembro dos muitos e muitos livros que li que me ajudaram não só a escrever meu próprio livro, mas também a formar uma linda família e a vida que vivo hoje.

Percebi que tudo o que li na vida ajudou a construir coisas que me abençoaram e abençoaram as pessoas ao meu redor.

Percebi que cada decisão e micro-decisão que tomamos no dia a dia tem consequências inevitáveis (para o bem ou para o mal). O que fazemos nessa vida tem implicações muito maiores do que imaginamos.

Nossa história não termina quando morremos, elas são apenas o começo de histórias muito maiores, já dizia Erwin MacManus.

Os livros que li ajudaram a formar meu caráter. Me ensinaram lições tão preciosas que eu não teria como agradecer o autor o suficiente.

Os livros que li me ajudaram a tomar melhores decisões. Eles me ajudaram a ter melhores relacionamentos. Com eles, aprendi a empreender e a construir negócios que hoje sustentam dezenas de famílias.

Eles me ajudaram a evitar decisões ruins que afetariam minha vida espiritual, familiar, profissional e por aí vai.

Não posso deixar de citar O Livro, ou melhor, o conjunto de livros, a Bíblia Sagrada. As Escrituras me apresentaram Cristo e me colocaram no Caminho. Não tenho palavras para agradecer a Deus por isso.

Antes de lhe mostrar como ler mais rápido, como ler melhor e como absorver melhor os conteúdos das suas leituras eu gostaria que você refletisse na quantidade de tempo que você já desperdiçou e que poderia ter investido na leitura de livros incríveis e edificantes.

Por isso, na introdução deste texto, pergunto:

O que você está construindo? Qual é o legado que você está deixando? Que tal aperfeiçoar o seu hábito de leitura para você aprender mais rápido, tomar melhores decisões e ter a sua vida impactada com preciosos ensinamentos?

Essa é a minha provocação. A decisão está com você.

Preparado?

Continue lendo o artigo para:

  • Saber porque ler livros e porque ler mais rápido.
  • Aprender a planejar suas leituras.
  • Saber como “pegar gosto” pela leitura.
  • Conhecer 8 técnicas para você aprender a ler mais rápido e entender o conteúdo.
  • Aprender a ler um livro denso sem sofrimento e muito mais.

Por que ler livros? Por que ler mais rápido?

Em vez de ler, não sei, mil livros na minha vida, agora talvez leia dois mil. Isso pode mudar minha existência.

Tony Buzan

Por que devo ler livros? Por que ler mais rápido? Será possível ler mais rápido e memorizar melhor o conteúdo?

Quando falo em livros sempre lembro de uma história contada por Mike Murdock quando ele participava de uma conferência na China.

Ao final de uma certa palestra ele se vira para a secretária diz: “Quero que você compre o livro desse palestrante”.

Ela corre para a livraria do evento e volta um tempo depois sem o livro nas mãos.

Mike pergunta: “Onde está o livro?”

A secretária responde: “Não comprei. O livro custava 1.200 dólares. É muito caro!”

Mike responde rispidamente: “Como você pode dizer isso? Aquele livro é o conhecimento acumulado de 40 anos de um especialista condensado em poucas páginas. Você sabe quanto custa aquele conhecimento? Como isso pode ser caro? Está muito barato. Volte lá e compre o livro!”

É uma mudança de perspectiva.

Às vezes, pensamos que um livro de 40 ou 50 reais é caro, imagine um de 1.200 dólares!

A ideia, entretanto, é essa: ler livros é economizar dias, meses e anos de aprendizado. É aprender de uma maneira extremamente rápida, o que você poderia levar anos e décadas se tentasse descobrir sozinho.

Livros são atalhos extraordinários para o conhecimento acumulado de outra pessoa.

Se você adquirir o hábito da leitura, souber planejar e aprender a ler mais rápido, sua vida certamente será transformada.

É possível ler mais rápido?

Como ler rápido

Muitas pessoas têm dúvida sobre isso: “Será que consigo ler mais rápido sem ter a absorção prejudicada?”

A resposta é SIM!

O fato de lermos vagarosamente tem origem na educação infantil. Quando éramos crianças, na escola, aprendíamos a ler devagar, sílaba por sílaba e em voz alta.

Simplesmente, aprendemos a alimentar os dois maiores inimigos da leitura rápida!

Sei que na infância é importante que o aprendizado seja dessa forma. O problema é que levamos essa crença para a vida inteira, como se houvesse uma trava dizendo: “Não dá para ler mais rápido do isso”.

Uma vez vencida essa crença incorreta, saiba que é possível você ler 2, 5 e até 10 vezes mais rápido, aplicando simples técnicas e exercícios.

Foi exatamente o que aconteceu comigo.

Pude provar que a leitura rápida não se trata de pseudociência ou de algo que ouvi falar sem experimentar na prática.

Eu vivi essa transformação em minhas leituras.

Só para você ter uma ideia, recentemente acabei de ler o livro 100% Presente, de Joel Moraes, que tem 221 páginas.

Li o livro em apenas 2 horas (o que há algum tempo me tomaria 2 ou 3 semanas de muito esforço).

Muito interessante ter vivido esse avanço na prática.

Como ler mais rápido ajuda você

Pense na quantidade de conhecimento e lições práticas você pode aprender:

  • Seu casamento vai de mal a pior? Você pode ler um bom livro sobre matrimônio saudável em 2 ou 3 horas.
  • Suas finanças estão em ruínas? Que tal deixar alguns filmes ou novelas de lado e dedicar-se a ler 2 ou 3 livros sobre finanças pessoais?
  • Quer crescer na fé ou tirar dúvidas que você tem sobre a Bíblia? Tire 1 ou 2 horas e leia um bom livro na área.
  • Vai fazer algum concurso ou vestibular? Você ganha vantagem ao ler mais rápido e absorvendo melhor o conteúdo.
  • Está fazendo um curso ou faculdade? Você consegue manter todas as leituras em dia sem ficar para trás nas matérias.

Você percebe que a leitura rápida pode trazer um auxílio rápido e barato para as questões do dia a dia? De fato, ler com maior velocidade vai mudar completamente sua vida.

Pode acreditar.

Planejamento de leitura

Planejamento de leitura

Uma multidão de livros sobrecarrega, mas não instrui. Melhor seria dedicar-se a uns poucos autores do que vagar, a esmo, entre muitos.

Sêneca (grifo meu)

Essa frase de Sêneca foi uma dura lição para mim.

Eu tinha o pensamento de que a quantidade de livros devia ser o foco. Ler mais e mais era meu lema.

Ledo engano.

Eu vivia comprando livros e mais livros, sem dar conta de lê-los. Ter muitos deles pendentes na estante começou a me causar sobrecarga mental.

Começou a crescer aquela sensação estressante de que nunca iria conseguir ler tudo o que tinha.

A frase de Sêneca me levou a tomar 3 decisões:

  1. Só comprar os livros que de fato vou ler.
  2. Não comprar mais livros enquanto não tiver lido os que já tinha comprado.
  3. Focar em assuntos e autores mais específicos, de acordo com meus interesses. Descartar o resto.

Recentemente, tive que tirar da minha estante cerca de 35 livros que eu nunca iria ler. Eles não eram da área do meu interesse e estavam lá, sob a categoria “pendentes”, me causando mais ansiedade e estresse.

Recomendo que você seja seletivo.

Não basta ler, tem que saber escolher o quê você vai ler de acordo com seu propósito de vida, chamado e vocação.

“Como fazer isso, Ramon?”

Minha resposta é: questione seus livros.

Antes de querer entrar em estado acelerado de leitura, questione os livros que você vai ler.

Faça perguntas como estas:

  • Quais os tipos de livros devo ler?
  • Quais informações tenho sobre essa obra?
  • Os que as pessoas que leram falaram sobre ela?
  • Qual é o meu objetivo com essa leitura?
  • É para a faculdade? Crescimento espiritual? Aprender uma nova habilidade ou simplesmente, entretenimento?

É importante responder essas perguntas porque se você deseja crescimento espiritual, não é inteligente se preocupar em ler uma ficção ou um romance.

Quem sabe você queira desenvolver habilidades de liderança ou de marketing. Nesse caso seria desperdício encher a estante com livros de física ou de química.

Observação: sempre recomendo que as pessoas leiam algum livro fora de sua área de interesse de tempos em tempos, para “dar uma arejada nas ideias”, mas isso não será a regra e sim a exceção.

De tempos em tempos, leio alguma ficção ou um livro auto-ajuda bem básico. Contudo, meu foco é teologia, filosofia, sociologia e empreendedorismo. Sou apaixonado por tais áreas e elas estão alinhadas com meu propósito de vida. É sobre isso que lerei na maior parte do tempo.

PS: mesmo que você já tenha comprado ou ganhado um livro de presente, e começado a ler, pode questioná-lo e deixá-lo para trás, se pensar que deve. Não se sinta culpado.

Não fique preso a nenhum livro!

Se você começou uma obra e viu que não é boa para você, deixe-a ou você pode deixar a leitura por falta de motivação.

Desista de um livro ruim em vez de desistir do hábito de ler!

Quer ler mais rápido e melhor? Comece se organizando

Lista de livros para ler

Agora que você já entendeu a importância de ler, que já descobriu que pode ler mais rápido e que deve ser rigorosamente seletivo, organize uma boa lista de livros para você estudar em sequência.

No aplicativo Notas do meu computador costumo salvar todas as recomendações de livros que são de meu interesse e as ordeno por importância.

Por que ter uma lista?

Se você não tiver uma lista pode ficar sem saber o que fazer ao terminar de ler um livro e perder o ritmo da leitura. Também pode acontecer de você começar a ler um livro que não deveria apenas porque não sabia o que ler a seguir.

Normalmente, organizo a minha lista incluindo clássicos da área, best-sellers, indicações de especialistas, indicações de amigos e por aí vai.

Assim, eu sempre sei o que vou ler em seguida e nunca fico perdido entre um livro e outro.

Técnicas de leitura rápida

Chegamos a parte mais prática do artigo, onde compartilho técnicas para você aprender a ler mais rápido.

Vamos lá!

#1 Como pegar gosto pela leitura (para quem odeia ler)

Você não nasce lendo ou gostando de ler, você aprende a ler.

Jim Kwik

A primeira coisa que quero fazer é quebrar uma crença errada que muitas pessoas têm. É a crença de que uns nasceram gostando de ler e que outros nunca gostarão.

Isso não é verdade.

Concordo que questões genéticas podem inclinar algumas pessoas para a leitura. Contudo, isso não significa que alguém não possa aprender a gostar de ler.

Qualquer pessoa pode “pegar gosto” pela leitura e assimilar esse hábito com as técnicas certas.

Foi o que aconteceu comigo.

Não nasci gostando de ler e não cresci com esse hábito.

De fato, na minha adolescência eu tinha ojeriza a livros. Nunca imaginaria ler um livro inteiro na vida.

Antigamente, na escola, existia uma coisa chamada “trabalho do livro”, em que tínhamos a tarefa de ler uma obra e depois fazer um resumo dela.

Era um martírio para mim.

Tudo começou a mudar quando visitei a casa de uma tia, onde haviam gibis da turma da Mônica. Comecei a ler uma ou duas história e depois de um tempo estava devorando vários gibis inteiros.

Depois, comecei a ler livros sobre o apocalipse e coisas assim que me fascinavam.

De certa forma, os gibis preparavam minha mentalidade para ler “coisas mais densas” e assim cheguei aos dias de hoje, tendo adquirido o hábito da leitura.

IMPORTANTE: tudo começou com gibis da Turma da Mônica!

Portanto, se você não gosta de ler, há uma solução. Vá a livraria mais próxima da sua casa, escolha um tema de seu interesse e procure livros com letras grandes, poucas páginas e, de preferência, com figuras e imagens ilustrativas.

Pode começar com gibi, não importa. Apenas, comece.

Se você já tem o hábito da leitura, mas ler ainda é um martírio, retroceda um pouco.

Leia livros mais acessíveis e de fácil leitura, apenas para ir gradualmente fortalecendo sua mentalidade para os livros que virão.

Encontre o tipo de livro que seja confortável e aprenda a gostar deles primeiro.

É questão de tempo: a leitura se tornará cada vez mais fácil e agradável.

#2 Subvocalização: não leia em voz alta

Não leia em voz alta ou na sua mente, se não você só conseguirá ler na velocidade da sua leitura.

Jim Kwik

Enquanto você lê evite a subvocalização e sua leitura poderá triplicar de velocidade.

O que significa subvocalização?

A subvocalização é a leitura mental, aquela leitura silenciosa que você faz dentro da sua cabeça.

Pense comigo: você até consegue ouvir um áudio, como um podcast ou um recado no Telegram, com a velocidade 2 vezes mais rápida e entender tudo.

Quando assisto a uma aula ou palestra no YouTube sempre coloco na velocidade 2x e isso não prejudica a assimilação do conteúdo.

O fato é que conseguimos ouvir mais rápido do que conseguimos falar. Agora, tente falar 2 vezes mais rápido do que o normal e você não conseguirá.

Portanto, quando estiver lendo evite a subvocalização. Não mexa a boca articulando as palavras.

Não leia em voz alta, leia em silêncio.

Além disso, evite “mentalizar” palavra por palavra, como se estivesse “lendo mentalmente”. Apenas, deixe seus olhos correrem pelas palavras e seu cérebro vai se acostumar com a tarefa de captar as informações.

#3 Blocos ininterruptos de tempo

Leitura dinâmica

Falando em leitura rápida, uma das estratégias que mais deu certo para mim, foi definir blocos de leitura ininterrupta.

Foi uma das estratégias que mais contribuiu para que eu conseguisse ler um livro inteiro em 2 ou 3 horas.

Os blocos de leitura ininterrupta nada mais são do que períodos de leitura com regras restritas e atenção total na atividade. São blocos de tempo que você se dedica à leitura sem possibilidade de interrupção.

“Como funciona, Ramon?”

Primeiro, defina um período qualquer (5, 10 ou 20 minutos). Você decide. Recomendo que você comece com blocos menores até se acostumar (por exemplo, 10 minutos).

Segundo, procure sentar confortavelmente porque você não poderá se mexer durante a leitura. Em minha experiência, já percebi que quando estou sentado em uma posição desconfortável dá vontade de se mexer a cada 3 ou 4 linhas de leitura.

Cada micro-interrupção significa desperdício de tempo valioso. Só o fato de estar em uma posição confortável, em que eu consiga não me mexer durante o bloco de tempo, dobrou a velocidade da minha leitura.

Dica: vale a pena investir em uma poltrona de leitura super confortável e uma boa luminária.

Terceiro, configure um cronômetro regressivo (timer) no relógio e comece a ler como se não houvesse amanhã.

Na leitura você tem uma única regra: não pare, não pause e não retroceda a leitura nenhuma vez. Eu disse “nenhuma vez”.

Você vai se sentir muito tentado a reler alguma frase e retroceder para ideias que não entendeu direito.

Não faça isso.

Mesmo que você não tenha entendido o conteúdo que leu (e mesmo que um meteoro esteja se dirigindo à Terra) continue lendo até que o som do cronômetro toque.

Quando o timer tocar você terá lido uma quantidade de texto que nunca pensaria ser capaz de ler.

“Mas, Ramon, li algumas coisas que não entendi e preciso reler”.

Não se preocupe com isso agora, o objetivo é você ganhar velocidade e concentração. Com o tempo, seu cérebro vai se acostumar a assimilar as informações mais rápido.

Essa foi a minha experiência e a experiência de muitos: o cérebro de fato se acostuma sem maiores dificuldades em questão de dias ou semanas.

Duas dicas para ajudar você:

  1. Para evitar a tentação de tirar o olho da frase que você está lendo utilize um lápis ou lapiseira para ir seguindo palavra por palavra. Não risque, nem sublinhe, porque isso consome tempo. Apenas acompanhe com a ponta do lápis sem tocar na página.
  2. O especialista em leitura rápida Jim Kwik ensina que para você ler com ainda mais atenção e foco deve posicionar e segurar o livro na altura dos olhos, o que funciona muito melhor do que você ler com o livro abaixado.

Experimente tudo o que estou compartilhando aqui por alguns dias e veja como as coisas funcionam para você.

#4 “Quebre”o livro em pequenas partes

Como ler melhor um livro

No que tange à leitura, uma das perguntas que mais me fazem no Instagram é essa:

“Ramon, como ler um livro grande e denso?”

Um dos problemas de ler livros “grandes” (com muitas páginas) é a sensação constante de que você está sempre longe do final. Parece que a leitura nunca vai ter fim e isso desanima.

É a mesma sensação quando você pega um longo voo. Você come, dorme, assiste um filme, vai ao banheiro e quando olha o relógio, não passou uma hora!

Uma maneira de inibir essa “angústia” de não ver o destino se aproximar é dividir o livro em várias partes e lê-las como se fossem livros menores.

De fato, esse é um dos grandes segredos da produtividade: fragmentar grandes metas em metas pequenas.

Vou dar um exemplo.

Se eu quiser ler um livro de 1000 páginas posso dividi-lo em 10 partes de 100 páginas.

Opa! Cem páginas eu consigo ler fácil.

Se eu ler 10 livros de 100 páginas, terei lido um livro de 1000.

Simples assim e funciona!

A maneira que faço isso é “pintando” com cores diferentes as divisões no miolo de fora do livro. Tem gente que considera isso um pecado contra os livros, mas é o que é.

Dessa forma, quando olho para o livro, vejo as divisões como livros menores.

Depois disso, coloco metas de leitura para cada “parte do grande livro”, os chamados “livros menores”.

Quando você terminar de ler um “livro menor”, comemore como se tivesse lido um livro inteiro. Se possível, até premie-se com um bombom. Se quiser, vá ao Instagram e publique: “Li mais um livro!”

Aí, parta para o “livro 2”.

Você verá que é mais fácil ler um grande livro assim, “quebrado”, do que tentar lê-lo “inteiro”.

É assim que estou lendo a Bíblia.

Há alguns meses, me propus a ler a Bíblia inteira novamente, um pouco por dia. Se você quiser fazer o mesmo, saiba que a Bíblia é um conjunto de livros.

Basta você definir uma meta para a leitura de cada livro e ficará mais fácil atingir o objetivo.

Funciona para a maioria das pessoas.

Experimente!

#5 Use um Fone Noise Cancelling

Fone anti ruídos para leitura rápida

No meu artigo sobre procrastinação falei sobre como as distrações nos fazem desperdiçar tempo precioso.

Esse era um problema que eu tinha durante as leituras: dificuldade de concentração.

Assim que ouvia um cachorro latindo ou um carro buzinando minha mente viajava longe e demorava para se concentrar.

Tudo mudou quando comprei um bom fone Noise Cancelling sem fios.

O que significa Noise Cancelling?

Basicamente, são fones de ouvido anti-ruído, ou seja, eles reduzem consideravelmente os ruídos externos que se estivessem “anulando” o som externo.

Com o fone anti-ruído, me acostumei a ler ouvindo sons de chuva ou música instrumental. Tenho até playlists para leitura no meu Spotify e Apple Music. Recomendo que você crie as suas playlists.

Agora mesmo, ao escrever este texto estou usando meu fone anti-ruído ouvindo sons de chuva. Isso reduziu os sons externos à zero.

Não consigo ouvir nenhum tipo de som externo, de forma que fica muito fácil entrar em estado de foco.

Portanto, compre um bom fone Noise Cancelling sem fios. Precisa ser sem fios ou você ficará “brigando” com o fio em volta de você. Depois, crie playlists de leitura no seu computador ou celular. Experimente música instrumental, música clássica, sons de concentração entre outros.

No meu caso, os sons de chuva funcionaram muito bem. Isso varia de pessoa para pessoa, portanto fique livre para decidir o que for mais confortável para você.

#6 Use um aplicativo de Speed reading

Uma boa maneira de você praticar tudo o que está aprendendo aqui é usar um aplicativo ou site de Speed Reading.

Alguns serviços online disponibilizam gratuitamente uma ferramenta para você exercitar a leitura rápida. Uma delas é a Spreeder.

Para praticar um texto siga os passos:

  • Vá a algum site ou artigo e copie o texto que você quer ler ou praticar.
  • Entre no site Spreeder.
  • Cole o texto no campo de texto e pressione “Spreed!”.
  • Na página seguinte, aperte o “play” e leia o que aparecer na tela.
  • Se ficar lento ou rápido demais você pode controlar a velocidade.

Praticar dessa forma fará com que você ganhe foco e velocidade na leitura.

Experimente e depois compartilhe comigo!

#7 Use a visão periférica

Uma das técnicas mais conhecidas da leitura rápida é usar a visão periférica ou tangencial.

Se você colocar um lápis verticalmente na sua frente seus olhos focarão no lápis e o restante ficará um pouco desfocado.

O que acontece é que você não consegue enxergar apenas o lápis, mas o que está na direita e na esquerda do seu campo de visão.

Nós temos essa capacidade de enxergar ao redor do nosso campo focal.

Penso que você já passou pela situação de estar conversando com alguém olhando nos olhos, mas disfarçadamente tentando captar o que está acontecendo ao redor. O ser humano consegue fazer essa proeza.

Percebo isso com muita clareza ao tocar teclado ou piano.

Consigo enxergar tranquilamente não só as teclas que meus olhos estão focando, mas as teclas ao redor, sem precisar ficar mexendo o pescoço a todo instante.

Essa capacidade é um dos aliados mais poderosos da leitura rápida!

Você pode treinar a visão periférica para conseguir captar blocos de textos cada vez maiores.

Como fazer isso?

(1) Primeiro, tente ler em grupos de duas ou três palavras, e não letrinha por letrinha. Em vez de ler sílaba por sílaba, leia uma palavra inteira e, sem mexer os olhos, tente ler as palavras do lado. Dessa forma, os olhos farão dois ou três saltos na frase, em vez de ir seguindo sílaba por sílaba (exatamente o contrário do que aprendemos na infância).

(2) Segundo, pegue um lápis e faça dois riscos verticais na página (lado direito e lado esquerdo). Meça mais ou menos três a seis centímetros deixando uma ou duas palavras do lado de fora do centro. Veja na imagem:

Leitura visão periférica

Depois disso, você deve fazer a leitura evitando olhar para o que está do lado de fora das linhas, apenas usando a visão periférica.

No início, você ficará um pouco perdido tentando não ultrapassar os limites das linhas, mas com o tempo sua visão periférica melhorará e você passará a ler frases inteiras com extrema velocidade.

Em minha experiência, sinto dificuldade de começar a ler o lado esquerdo porque sempre caio na tentação de ler desde o início da linha. Contudo, o lado direito eu já dominei muito bem.

Raramente preciso chegar ao fim da frase para captar as palavras que lá estão.

Isso acelerou absurdamente minha leitura!

(3) Terceiro, você pode fortalecer a musculatura dos olhos fazendo o
exercício do infinito.

É um exercício muito fácil que pode ser feito por um ou dois minutinhos por dia.

Basta pegar um lápis e bem em sua frente desenhar vagarosamente o símbolo do infinito (um oito deitado). Siga com os olhos o desenho e você estará exercitando a musculatura dos olhos. Veja a imagem:

Gradualmente, você sentirá mais e mais facilidade para ler com o apoio de sua visão periférica.

#8 Aproveite períodos de ociosidade

Use com inteligência cada período livre que tiver.

Você pode se condicionar a ler nas pequenas oportunidades que se abrem em períodos de ociosidade durante o dia.

Vou dar alguns exemplos:

  • Leia por 30 minutos enquanto espera assar o bolo no forno.
  • Leia por 15 minutos dentro do carro antes de pegar o filho na escola.
  • Leia por 10 ou 15 minutos antes de ir para o trabalho.
  • Leia por 10 ou 15 minutos no intervalo da faculdade.
  • Leia no ônibus, no táxi ou no Uber.

Quando você juntar todos os pequenos blocos de tempo desperdiçados no dia, verá que “ganhará” uma ou duas horas de leitura, no mínimo!

Para quem fica procrastinando a leitura, não existe mais aquela desculpa: “Não tenho tempo para ler”.

Você só não lê se decidir não ler.

Para facilitar sua vida, sempre tenha um livro perto de você.

Deixe um exemplar na cozinha, na sala e no banheiro. Carregue um livro na mochila, no carro ou na bolsa. Não importa como, apenas tenha um livro sempre acessível.

Aproveite cada oportunidade que tiver e todo esse esforço será recompensado.

Seja intencional e use o tempo que Deus lhe deu de forma inteligente e produtiva!

Resumo: como ler mais rápido

Como ler mais rápido e assimilar o conteúdo

Antes de compartilhar um resumo com os principais pontos do artigo, eu gostaria de convidar você para assistir minha aula ao vivo sobre este tema. Para isso basta clicar aqui para pegar o link da transmissão.

Também recomendo que você me siga no Instagram e entre em nosso grupo do Telegram, onde compartilho conteúdos mais completos para o seu crescimento pessoal.

Segue um resumo com os melhores pontos do artigo. Espero que você goste:

  1. O hábito de ler transforma positivamente a vida de uma pessoa.
  2. Não existe livro caro. Um livro pode fazer você economizar anos e décadas no aprendizado de qualquer tema.
  3. Qualquer pessoa pode ler mais rápido.
  4. Você não precisa ler todos os livros que possui. Seja seletivo!
  5. Questione seus livros e fique somente com aqueles que estão alinhados com você. Ignore o resto.
  6. Faça um planejamento de suas leituras. Tenha uma lista de livros para ler em sequência.
  7. Se você não gosta de ler, comece com livros fáceis, com letras grandes, poucas páginas e ilustrações. Eu comecei com gibis.
  8. Não leia em voz alta, não mexa a boca enquanto lê. Evite “leitura mental”.
  9. Defina blocos de leitura ininterrupta: defina um período, sente confortavelmente, configure um timer regressivo e leia sem parar.
  10. Use um lápis para guiar seus olhos durante a leitura. Não tire os olhos do lápis.
  11. Segure o livro na altura dos olhos.
  12. “Quebre” uma meta grande em metas pequenas. Para ler um livro grande, “divida-o” e livros menores. Devagar se vai ao longe!
  13. Use um fone anti-ruídos. Crie uma boa playlist de leitura. Acabe com as distrações externas.
  14. Pratique a leitura com aplicativos de Speed Reading.
  15. Exercite os olhos para treinar a visão periférica.
  16. Não é necessário focar o início e o final da linha. Leia em blocos de duas ou três palavras ao mesmo tempo.
  17. Aproveite com inteligência cada oportunidade de leitura que aparecer. Não desperdice os pequenos blocos de tempo.
  18. Tenha um livro sempre acessível, seja em casa, no trabalho e até no carro.
  19. Assista minhas aulas ao vivo sobre leitura rápida. Milhares de pessoas têm sido impactadas com minhas lives semanais. Participe você também!

Espero que você tenha gostado do artigo. Se gostou, você pode ler a parte 2 neste endereço: Como estudar um livro e nunca mais esquecê-lo.

Boas leituras e #BoraCrescer!
Ramon

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no print
Imprimir

DESCUBRA O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO

Livro gratuito por tempo limitado. Aproveite e baixe agora!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo