Como deixar o passado para trás

JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Receba devocionais de sabedoria direto em seu email. É 100% grátis!

Deixe o passado para trás

“Ramon, como deixar o passado para trás?”

Recebi essa pergunta de um seguidor no Instagram e ele parecia preocupado. Mais do que isso, ele se sentia profundamente culpado por causa dos erros que havia cometido no passado.

Ele já tinha orado uma, duas, enfim, centenas de vezes. Contudo, não conseguia esquecer os problemas que havia deixado para trás, os mesmos que sempre voltavam para assombrá-lo.

Toda vez que ouço esse tipo de pergunta me lembro dos detectores de metais existentes nos aeroportos.

O detector de metais

Todo mundo sabe que nos aeroportos existe uma área com o famoso detector de metais. Por medida de segurança, não é possível passar para o outro lado se você tiver no bolso chaves, celular ou moedas. Essa é uma informação conhecida das pessoas. Todo mundo sabe!

Apesar disso, muitas pessoas tentam “enganar” a aparelho e acabam ficando “travadas” na hora de passar. Uns tentam passar com moedas no bolso. Outros, escondem o relógio. Surpreendentemente, também existem os que tentam passar com facas e tesouras.

Não adianta, não funciona.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Infelizmente, é assim que muita gente leva sua vida, com os bolsos (e bolsas) cheios de coisas que não deveriam. Elas não conseguem avançar para o outro lado porque carregam um peso desnecessário do passado.

Não deixam para trás o que precisa ser deixado. Nunca conseguem se mover para frente porque o passado “os puxam” para trás, como um elástico amarrado na cintura.

Meus bolsos estão cheios!

“Mas, Ramon, o que significam essas coisas que carrego no bolso?”

Sinceramente, não sei. Pode ser um objeto que você precisa se desapegar, um relacionamento frustrado ou um trauma vivido. Pode ser uma sociedade que não deu certo, um amigo que lhe traiu ou um imóvel que você perdeu.

De fato, eu não sei sobre sua vida. Você sabe. Você sabe exatamente o que está lhe impedindo de avançar com sua vida e cumprir plenamente o seu propósito. Sua memória e suas cicatrizes não deixam você esquecer.

Não jogue fora seu futuro

“Embora seu passado possa não ter culpa sua, o seu futuro é responsabilidade sua”.

Erwin MacManus

Não escrevi este artigo para resgatar más lembranças. Escrevi para trazer um alerta: quem fica preso ao passado compromete seu futuro!

Não conheci nenhuma pessoa que conseguiu avançar com sua vida carregando as pesadas cargas do passado. Não! Pessoas assim se arrastam e se cansam.

Para elas, o detector de metais está sempre “apitando”, ordenando que elas voltem para o fim da fila e esvaziem os bolsos. É um ciclo interminável.

Dê um basta nessa situação.

Esvazie os bolsos e olhe para frente, para o quanto você ainda tem para viver em Cristo. Se desvencilhe do passado, da culpa, das más lembranças e dos traumas. Deixe para trás o que se tornou irrelevante para viver o novo de Deus.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Aprenda com Paulo, quando ele diz:

“Uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que FICARAM PARA TRÁS e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, para ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus”.

Filipenses 3:13,14 (grifo meu)

Como deixar o passado para trás

Antes de finalizar, deixo 10 dicas para lhe ajudar a deixar o passado para trás com mais facilidade. Vamos lá:

  1. Não finja que o passado não lhe afeta. Fingir que nada aconteceu é “tapar o sol com a peneira”. É importante você reconhecer que coisas do seu passado lhe afetaram ou ainda afetam.
  2. Cumprido o passo #1, chegou a hora de parar de falar no passado. Tem gente que gosta de “desenterrar defunto” e ficar relembrando situações dolorosas do passado, como se fossem “dores de estimação”. Simplesmente, não faça isso!
  3. Pare de terceirizar a culpa. Um dos primeiro passos para a cura é a autoconsciência do erro. Pare de jogar a culpa do seu passado nas outras pessoas. Mesmo que alguém tenha falhado com você antes, agora você pode decidir que isso não lhe afetará mais.
  4. Procure ajuda, se necessário. Dependendo da profundidade das suas vivências, vai ser muito difícil trabalhar o passado sozinho. Se você passou por alguma situação extrema, provavelmente precisará de auxílio. Não ignore a ajuda de profissionais e conselheiros nas mais diversas áreas.
  5. O passado não pode ser alterado. Portanto, pare de se lamentar por não ter feito diferente. Já que você não pode voltar no tempo, foque mais no seu presente e futuro.
  6. Já que não pode alterar o passado, talvez você possa “amenizar” algumas consequências ruins. Se puder se reconciliar com alguém, se reconcilie. Se puder desabafar, desabafe. Se puder devolver algo que não é seu, devolva. Contudo, só tome algumas ações quando for possível e quando valer a pena.
  7. Uma boa maneira de ver o passado é como uma escola. Use os problemas do passado como aprendizado para que os mesmos erros não aconteçam no futuro. Se você teve um pai ausente, já sabe quanto sofrimento isso pode trazer para uma pessoa. Então, batalhe arduamente para ser um pai presente para o seu filho hoje. Transforme o sofrimento do passado em lições para o seu presente e futuro.
  8. Por falar nisso, dê valor para o presente. Valorize tudo o que Deus lhe deu e viva o hoje intensamente. Não se lamente pelo que você poderia estar vivendo, simplesmente seja grato pelo que você vive hoje!
  9. Além de valorizar o hoje, planeje também o seu futuro. Envolva-se em atividades que constroem um futuro para você e para sua família. Quais são seus hábitos atuais? Eles estão apontando para o futuro ou lembrando você das dores do passado? Reflita nisso e mude sua rotina, se necessário.
  10. Lembre-se da história do ladrão na cruz (Lucas 23:43). Independente do passado obscuro, o ladrão se dirigiu a Cristo com humildade e arrependimento, e ouviu uma linda promessa: “Hoje você estará comigo no paraíso”!
  11. Uma dica bônus: tenha uma vida de oração ativa! Existem muitas pessoas que só conseguiram “se libertar” das amarras do passado mediante muito joelho no chão, clamando pela ajuda de Deus!

Finalizo com esta frase:

“Não tenha vergonha de suas cicatrizes. Elas são suas marcas de honra, coragem e beleza”.

Erwin MacManus

Gostou das dicas? Deixe um comentário e compartilhe com os amigos.

Avançando para o Alvo,
Ramon Tessmann

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no print
Imprimir

DESCUBRA O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO

Livro gratuito por tempo limitado. Aproveite e baixe agora!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo