O que é improviso musical?

Improviso
Quando se lê a palavra improviso, logo vem a cabeça algo feito sem preparação alguma, porém na música não é bem assim.
Na música, para improvisar é preciso ter conhecimento, estar preparado, abastecido de opções e repertórios.
Então preste atenção e saiba mais sobre a arte do improviso musical!

Entendendo: Improviso

A definição da palavra improviso segundo o dicionário faz referência a algo sem preparação, como comentado anteriormente.

De repente, de súbito, sem preparo prévio.

Porém vamos além do significado da palavra improviso em si, vamos imaginar ela no contexto musical.
Imagine você em cima do palco, durante uma apresentação, de repente vem aquele branco e você esquece o que deveria tocar, então é você e o piano frente a frente, e por incrível que pareça, você não sabe o que fazer.
Só que você pensa rápido, usa seu conhecimento e consegue improvisar fazendo uso de um acorde ou técnica diferenciada.
Logo isso não é falta de preparo, muito pelo contrário, para ser capaz de improvisar e fazer com que a apresentação continuasse sem perder qualidade, foi preciso muito tempo (anos) de estudo.
Sem contar no quanto é necessário ter criatividade, desenvoltura e um ótimo ouvido, para a realização do improviso.
Falando assim até parece que improvisar é mais difícil do que tocar seguindo uma “ordem”, poisa saiba que sim, é muito mais difícil improvisar, tanto que poucos se arriscam a dar sua própria identidade a música.

Como improvisar

Agora você deve estar se perguntando, mas o que eu realmente preciso saber para conseguir improvisar se necessário for.
Uma coisa é certa: Quanto mais você souber, mais fácil e natural será seu improviso!
Mas de qualquer forma, saiba que para executar uma improvisação básica é necessário, ter conhecimento das escalas maiores e uma base de campo harmônico.
Além desses conhecimentos necessários é preciso se atentar ao estilo musical e a tonalidade da canção, para que assim usando de sua sensibilidade, encontre a hora certa de improvisar.

Exemplo

Arrisque improvisos! Para que na hora que for preciso, você consiga unir todas suas habilidades e realizar um improviso natural.
Com a prática, você ganhará mais sensibilidade e também agilidade, para responder de forma imediata.
Quer praticar? Então veja esse exemplo:
Caso esteja executando uma música em Dó maior (C), conheça sua escala e seu campo harmônico (e lembre-se, quanto mais detalhes você souber, melhor), agora é hora de arriscar e encontrar a melhor forma de improvisar.
Mas como saber qual a melhor forma? Quando ela soar naturalmente! 😉

Concluindo

Aproveite esse conteúdo para desenvolver seu improviso musical e continue se dedicando.
Ah, e não se esqueça de acessar nossos cursos completos e materiais educativos.
Bons estudos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Ramon Tessmann

Desde o início de sua trajetória, Ramon se mostrou inconformado com seu aprendizado musical. Começou sua carreira em 1991 e alcançou crescente notoriedade através de sua escola Aprenda Piano, que conta hoje com mais de 20 mil alunos em 17 países. Depois de longos anos, sua busca incessante originou um método de ensino musical de alto resultado que ele compartilha no treinamento Extraordinários.

CADASTRE O SEU E-MAIL
PARA RECEBER A APOSTILA

  • Suas informações estão seguras.