Psicoacústica: Estudo das sensações auditivas

Você já ouviu falar em psicoacústica?

A prática da psicoacústica já existe há um bom tempo, porém esse termo é praticamente novo.
Ainda mais quando é relacionado a medicina.
Mas o que é esse tal de psicoacústica, do que estamos falando?
Estamos falando de uma área de estudo responsável por compreender as relações existentes entre acústica e fisiologia auditiva.
Definindo esse temo, temos que ela é a ciência que estuda o resultado da relação música (acústica) e audição (fisiologia auditiva).
Um estudo que abrange o sistema nervoso e a parte fisiológica do corpo humano.
Esse é uma definição simplificada para que vocês possam entender com mais facilidade.

Sobre a psicoacústica

Mais um pouco de teoria sobre esse termo.
Desdes os tempos primórdios acreditasse na ideia de que a música é capaz de estimular certas sensações no corpo humano.
Por isso essa relação com a medicina, afinal a psicoacústica é responsável por estudar como o som influência não só a mente, mas o corpo humano em um todo.
Isso acontece através do estudo das características do som que despertam as sensações auditivas na mente humana.
Para que se entenda esse estudo é preciso identificar as características e compreender a complexidade por trás de cada uma, algumas das características são:

  • Loudness
  • Agudeza
  • Intensidade de flutuação
  • Roughness
  • Tonalidade

Na prática

Para você que está se perguntando como a psicoacústica pode influenciar em uma música, vamos a resposta.
Uma música utiliza dos dados coletados por ela para produzir as sensações desejadas em seu público.
Ou seja, um músico monta sua música seguindo as instruções da psicoacústica, que mostram exatamente como o corpo humano responde a determinado som.
Por isso muitas músicas não seguem um padrão, tudo depende das sensações que elas procuram despertar.

Curiosidade

A banda Ira! é umas das provas de que a psicoacústica já existe faz um certo tempo.
Em 1988 a banda brasileira de rock, lançou seu álbum com esse mesmo nome: Psicoacústica.
Antes que você pergunta se pergunte o porque desse nome, acredito que as próximas informações vão explicar como a psicoacústica esteve presente nesse material.
O álbum está em 81° lugar, na lista dos 100 maiores discos da música brasileira pela Rolling Stone Brasil.
Segundo os críticos da época, o álbum que continha 8 faixas e aproximadamente 40 minutos de música, mostrou um entrosamento invejável entre os integrantes.

Finalizando

Para você que já conhecia o termo explicado, espero que tenha aprendido um poucos mais sobre, para quem não o conhecia, espero que tenha ficado clara a explicação.
Não deixe de aprimorar seu conhecimento teórico acessando nosso Dicionário Musical!
Lá você vai aprender ainda mais sobre os termos que já conhece e descobrirá outros que podem ser muito importantes para seu desenvolvimento.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Ramon Tessmann

Desde o início de sua trajetória, Ramon se mostrou inconformado com seu aprendizado musical. Começou sua carreira em 1991 e alcançou crescente notoriedade através de sua escola Aprenda Piano, que conta hoje com mais de 20 mil alunos em 17 países. Depois de longos anos, sua busca incessante originou um método de ensino musical de alto resultado que ele compartilha no treinamento Extraordinários.