Aprenda a proveitosa Tríade b5 | Dica de Teclado #40

Fala tecladista! Aqui é a Raquel Xavier do Aprenda Piano para a Dica de Teclado #40. Nosso assunto de hoje é a tríade 5b.
Você já conhece esta tríade? Ou já ouviu falar?
Então hoje é o dia de aprender a montar a tríade 5b!
Vamos construir e entender de onde ela vem para que tudo fique bem claro sobre essa tríade.
Preparados? Vamos lá!

Surpreenda seus amigos tocando teclado de forma magnífica.

Clique aqui para entender como isso é possível!

A TRÍADE 5b

Tenho certeza que você já ouviu falar de tríades, as mais populares são as maiores e as menores.
A tríade b5 faz parte dessa mesma família de tríades, as tríades básicas.
Esta é uma tríade útil que serve muito bem como base para alguns acordes dominantes interessantes, como é o caso do C7/b5 ou quem sabe o C5-/7/9-.
Aí nós já entramos no assunto de harmonia mas o assunto de hoje é outro, rsrs.
Vamos à tríade!

CONSTRUINDO A TRÍADE 5b

Primeiro de tudo iremos conhecer os intervalos desta tríade:

1  – 3M  – 5d

O primeiro intervalo nos leva a tônica, ou seja, o primeiro grau.
Já o segundo intervalo é o de terça maior que nos leva ao terceiro grau.
O último intervalo é o de quinta diminuta que nos leva ao quinto grau bemol, por isso o “b”, indicando bemol.
Se fossemos escrever os graus da tríade elas ficariam assim:

1  – 3  – 5b

Agora vamos para a escala e aplicar tudo isso!

A APLICANDO NA ESCALA MAIOR

Como exemplo iremos usar a escala maior de dó, que é a mais conhecida e que nos é mais familiar.
Vamos a escala e seus respectivos graus:

dó  ré mi  fá sol lá  si dó

1   2   3   4   5   6   7   8

Da escala iremos usar os graus 1, 3 e 5. O grau 1 não terá nenhuma alteração então será a nota dó.
O grau 3 também não irá sofrer alteração, ou seja, será a nota mi.
Já o grau 5 vai diminuir meio tom, assim ele se torna uma 5b. O quinto grau é a nota sol, diminuindo meio tom desta nota ela será o sol bemol.
Agora já temos as três notas da nossa tríade b5, veja elas juntas!

dó    mi   solb

No teclado:

Para escrever a cifra dessa tríade nós iremos colocar o 5- depois do acorde, neste caso nosso acorde é o C5- (dó com a quinta diminuta).
Que tal construir outra tríade?

CONSTRUINDO O Bb5-

Iremos formar na tonalidade de si bemol para já desfazer aquela mística de que nos tons bemol é mais difícil.
Primeiro vamos para a escala de si bemol:

sib  dó  ré mib  fá  sol lá  sib

1    2   3    4   5   6    7   8

Vamos lá, o primeiro e o terceiro grau continuam os mesmos, ou seja, as notas sib e a nota ré.
Já o quinto grau nós iremos diminuir meio tom. Na escala o quinto grau é a nota fá, meio tom a menos teremos o fáb.
PS: A nota fáb está fisicamente localizada na mesma tecla do mi.
Colocando todas as notas juntas da tríade b5 de sib:

sib   ré  fáb

1    3   5b

No teclado:

A cifra deste acorde fica assim: Bb5-

Como se tornar um melhor tecladista em 10 passos?

Descubra agora, clicando aqui!

FINALIZANDO

Agora é com você, tente ter esses acordes nas pontas do dedo, assim como as tríades maiores e menores.
É importante você ter fluidez nesse tipo de tríade.
É a partir das tríades que vamos conhecer e construir vários acordes incríveis, como os que vemos no Curso Extraordinários!
Para mais aulas e conteúdos sobre música, teclado e piano:

Faça o download grátis do livro “COMO TOCAR TECLADO BEM”.
Se você ficou com alguma dúvida deixe um comentário para nós. 😉
Um abraço e até a próxima,
Raquel Xavier

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

VAMOS APRENDER TECLADO DE FORMA EMPOLGANTE?

Destrave o seu talento musical com este guia completo!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Ramon Tessmann

Desde o início de sua trajetória, Ramon se mostrou inconformado com seu aprendizado musical. Começou sua carreira em 1991 e alcançou crescente notoriedade através de sua escola Aprenda Piano, que conta hoje com mais de 20 mil alunos em 17 países. Depois de longos anos, sua busca incessante originou um método de ensino musical de alto resultado que ele compartilha no treinamento Extraordinários.